Header Redes 2013

Boletins Anteriores Publicações Noticias
Principais Produtos Fale Conosco


                           Redes de Referências para a Agricultura Familiar

Criadas com o objetivo de apoiar o desenvolvimento de sistemas de produção sustentáveis para a agricultura familiar paranaense, as “Redes de Referências para a Agricultura Familiar” estão presentes em várias regiões do estado, envolvendo equipes formadas por pesquisadores do Iapar (Instituto Agronômico do Paraná) e extensionistas do Emater (Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural). Estas regiões abrangem as principais atividades econômicas que compõem os sistemas de produção em estudo.

Em conjunto com mais de duzentas famílias de agricultores colaboradores, estas equipes vêm implementando, desde junho de 1998, metodologia de pesquisa e desenvolvimento (P&D) adaptada a partir da experiência do Institut de l’Elevage da França, visando a validação e transferência de tecnologias viáveis para os sistemas de produção estudados.

Com a utilização do enfoque sistêmico de P&D propriedades representativas dos principais sistemas de produção familiares presentes no estado são analisadas e acompanhadas pelos técnicos do Emater e do Iapar, permitindo assim a geração de referências técnicas e econômicas passíveis de serem difundidas para um número cada vez maior de agricultores familiares paranaenses. Saiba Mais.


                                                               Notícias

Entre os dias 20 e 23 de Agosto pesquisadores, coordenadores e especialistas do IAPAR e do EMATER, membros do projeto Redes de Referência para a Agricultura Familiar, fizeram uma reunião para pôr em pauta melhorias no acompanhamento de propriedades e unidades, além de discussões entre especialistas para a produção de artigos de pesquisa das Redes.
b491O projeto Redes de Referências para a Agricultura Familiar, desenvolvido pelo Iapar e Emater, realizou mais um curso de capacitação para extensionistas na região de Paranaguá, no litoral paranaense. Esse trabalho faz parte de uma série de treinamentos com o objetivo de qualificar o acompanhamento dos extensionistas às propriedades rurais. Das 22 regiões paranaenses, 14 já receberam a capacitação com conteúdo teórico e atividades práticas.



                               Link Blog  Link Blog

Recomendar esta página via e-mail: