Agroecologia



                               Líder do Programa: Luiz Antonio Odenath Penha


 O Que Faz

agroecologia O Programa de Pesquisa em Agroecologia do IAPAR (PAG) foi criado em 2004 com a finalidade de congregar e coordenar ações de pesquisa, visando promover sistemas sustentáveis de produção agroecológica, incluindo a orgânica. O PAG busca oferecer resultados que favoreçam simultaneamente ao agricultor, ao consumidor e ao meio ambiente, considerando aspectos técnicos, socioeconômicos, ecológicos, éticos e legais.

uvas
O PAG assume a Agroecologia como uma ciência de caráter multidisciplinar com enfoque sistêmico, que apresenta princípios e metodologias para apoiar o processo de transição interna e externa, e estudar, planejar, implantar, manejar e avaliar agroecossistemas para que venham a ter maior sustentabilidade.

Com base nos princípios da Agroecologia o PAG:

  •  adota o método científico;
  •  prioriza projetos multidisciplinares com enfoque sistêmico e com a participação ativa dos agricultores, tanto no diagnóstico dos problemas quanto na formulação de soluções;
  •  abrange na pesquisa os estilos de agricultura tradicional (indígenas, quilombolas, ribeirinhas, camponesa), orgânica, natural, biodinâmica, biológica e permacultura;
  •  prioriza a pesquisa para o meio rural, em sistemas em transição e agroecológicos;
  •  atua em ações de difusão também para o público convencional;
  •  apoia processos de transição externa;
  •  aceita nos experimentos o uso de agrotóxicos e adubos sintéticos apenas como testemunhas ou referências na transição.


Missão do PAGagrojuntas

Prover soluções de caráter agroecológico para o meio rural.


Objetivos Estratégicos

  • Prover conceitos e difundir princípios e práticas agroecológicas para diferentes públicos;
  • Incrementar a pesquisa, considerando as interações de caráter agroecológico e as diversas formas de conhecimento;
  • promover estudos e contribuir para a formulação de políticas públicas que favoreçam a Agroecologia e a agricultura orgânica;
  • Estudar e propor ações que promovam o bem viver do agricultor;
  • protagonizar a formação de redes de pesquisa em Agroecologia, incluindo agricultores, cooperativas, universidades e faculdades públicas e particulares, institutos e empresas de pesquisa e de assistência técnica e extensão rural, colégios agrícolas, ONG´s.

Ações Prioritárias 

gado2
  • Gerar, adaptar e incorporar metodologias adequadas à pesquisa agroecológica.
  • Sistematizar, avaliar e validar experiências em Agroecologia.
  • Desenvolver estudos com metodologias participativas sistêmicas, multidisciplinar e transdisciplinar.
  • Identificar necessidades, entraves e potencialidades da Agroecologia.
  • Pesquisar alternativas que reduzam a penosidade do trabalho e melhorem a qualidade de vida do agricultor.
  • Protagonizar a implantação da rede de pesquisa em Agroecologia no estado do Paraná.
  • Desenvolver projetos de pesquisa interinstitucionais.
  • Capacitar técnicos, lideranças e outros agentes multiplicadores.
  • Desenvolver ações dirigidas para a difusão e transferência das práticas agroecológicas para a agricultura convencional.

Princípios Agroecológicos adotados pelo PAG 

estufa
  • Ter a natureza como referência.
  • Reduzir as perdas no sistema.
  • Buscar maior sustentabilidade
  • Minimizar a entrada de recursos externos (nutrientes, energia, sementes), porém sem comprometer a capacidade produtiva do agroecossistema.
  • Otimizar as interações entre os componentes dos sistemas.
  • Reciclar nutrientes e energia.
  • Favorecer a biodiversidade no tempo e no espaço.
  • Priorizar espécies, variedades e raças nativas e adaptadas regionalmente.
  • Considerar os conhecimentos e os valores dos agricultores.
  • Buscar relações socioeconômicas que promovam o desenvolvimento das pessoas e do território.
  • Desenvolver sistemas agrossilvipastoris com baixo impacto ambiental.
  • Considerar a multifuncionalidade do meio rural.
  • Não utilizar agrotóxicos, adubos sintéticos nem organismos geneticamente modificados.
  • Desenvolver tecnologias que favoreçam a autonomia do agricultor.

Projetos e Atividades de Pesquisa do PAG

Título
  Responsável
Alfafa em Pastejo para Vacas em Lactação, como Opção para a Produção Agroecológica Familiar.
SIMONY MARTA BERNARDO LUGÃO
Circuitos Curtos de Comercialização de Alimentos Ecológicos
MOACIR ROBERTO DAROLT
Controle da requeima da batata com óleos essenciais
NILCEU R.X. NAZARENO
Desenvolvimento de Matéria Médica Homeopática das Plantas e avaliação de medicamentos homeopáticos e bioterápicos para controle de doenças de plantas.

SOLANGE M.T.P.G. CARNEIRO
Desenvolvimento de tecnologias com bases agroecológicas para sistemas familiares de produção: manejo de plantas daninhas.

FRANCISCO SKORA NETO
Diversidade Química Orgânica e Inorgânica de Plantas de Cobertura Visando a Compostagem para Produção de Mudas e Adubação de Hortaliças em Sistema Agroecologico.
PATRICIA HELENA SANTORO
Manejo cultural para produção orgânica
LUIZ ANTONIO ODENATH PENHA
Manejo de gramíneas para cobertura em sistema plantio direto orgânico
TELMA PASSINI
Produção de sementes de ervilhaca peluda (Vicia villosa) tutorada com tremoço branco (Lupinus albus) em cultivo agroecológico
MARIZANGELA RIZZATTI AVILA
Técnicas para o manejo agroecológico da fertilidade do solo
RENATO YAGI
 Tratamento de sementes com pós de rocha e sub produtos do xisto.  DIRK CLÁUDIO AHRENS
Uso de  refugio com plantas atrativas aos inimigos naturais para incremento do controle biológio de pragas do feijão

HUMBERTO GODOY ANDROCIOLI
Vitrine Tecnológica Agroecológica Show Rural Coopavel CATIA CRISTINA ROMMEL


flor galinhas
tracao animal
ovos3

                                   Equipe


Pesquisadores


Airton Dieguez Brisolla MSc., Área de Proteção de Plantas - Entomologia - Curitiba

Francisco Skora Neto
Dr., Área de Fitotecnia - Manejo Ecológico de Plantas Daninhas - Ponta Grossa
Humberto Godoy Androcioli
Doutor, Área de Proteção de Plantas – Londrina

João Henrique Caviglione
Dr. Área de Ecofisiologia – Londrina

Luiz Antonio Odenath Penha Dr., Área de Fitotecnia - Agricultura Orgânica e Agroecologia - Londrina 

Luiz A. Zanão Jr.
Dr., Área de Solos - Fertilidade - Santa Tereza do Oeste

Nilceu Ricetti Xavier de Nazareno Dr., Área de Proteção de Plantas - Curitiba
Pablo Ricardo Nitsche
Mestre, Área de Ecofisiologia – Londrina

Renato Yagi Dr., Área de Solos - Fertilidade - Ponta Grossa

Ronaldo Hissayuki Hojo
Doutor, Área de Fitotecnia – Santa Tereza do Oeste

Sandra Cristina Vigo
Dra., Área de Proteção de Plantas - Londrina

Solange M. T. G. Carneiro Dra., Área de Proteção de Plantas - Manejo Ecológico de Doenças de Plantas - Londrina
Telma Passini Dra., Área de Fitotecnia - Manejo de Plantas Daninhas - Londrina


  Difusão de Tecnologia

Moacir R. Darolt Dr. Área de Difusão de Tecnologia – Curitiba

Maristela P. C. Zanão MSc. Fitotecnia, Área de Difusão de Tecnologia - Santa Tereza do Oeste

 
Agentes de Ciência &Tecnologia

Antônio Carlos Campos Técnico Agropecuário

Dácio Antônio Benassi MSc - Área de Solos - Física de Solos

Édson Márcio Siqueira Especialista Meio Ambiente e Planejamento Estratégico

Euclides D.B. Romano Especialista Gestão e Educação Ambiental

Johnata Mendes Alves
Técnico Agropecuário

Recomendar esta página via e-mail: