HOMENAGEM

07/11/2019

Idealizador da raça Purunã, Perotto é homenageado pelo Crea-PR

Idealizador da raça Purunã, Perotto é homenageado pelo Crea-PR(07/11/2019) O pesquisador aposentado do IAPAR, Daniel Perotto, foi homenageado nessa quarta-feira (6) em Foz do Iguaçu, durante a Cerimônia de Láurea ao Mérito, que marcou a abertura do 45º Encontro Paranaense de Entidades de Classe, promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR).

Perotto foi agraciado com a Medalha do Mérito por proposta da Câmara Especializada de Agronomia. "É a coroação de uma trajetória que começou em 1960, quando iniciei meus estudos, e vai muito além do que eu esperava conquistar como Engenheiro-agrônomo. Também é uma oportunidade para compartilhar com todo o IAPAR esta conquista, e agradecer a todos os colegas da Instituição, especialmente os da Fazenda-Modelo, que tanto colaboraram para que o trabalho fosse feito  com esmero", ele disse.

“Em 85 anos o Crea-PR já teve a honra de reconhecer o trabalho de duzentos profissionais. São centenas de vezes agradecendo, com muito orgulho, os paranaenses que contribuíram para a história das Engenharias, Agronomia e Geociências em nosso Estado”, enfatizou o Engenheiro Civil e presidente do Crea-PR, Ricardo Rocha.

A Medalha do Mérito é uma homenagem concedida pelo Crea-PR a profissionais que tenham contribuído para o desenvolvimento do estado ou do país em termos econômicos, culturais, acadêmicos, científicos, técnicos, classistas, políticos, ambientais, éticos ou sociais.
 
TRAJETÓRIA – Perotto concluiu o curso de Agronomia em 1973, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Pouco tempo depois, em 1976, iniciou sua trajetória no IAPAR, época em que a instituição recrutava seus primeiros times de pesquisadores.

Tendo se especializado em zootecnia, o pesquisador dedicou sua carreira ao trabalho com bovinos de corte, particularmente reprodução, cruzamentos e raças. Cursou mestrado nos Estados Unidos, na Texas A&M University, e doutorado na Mcgill University, do Canadá.

Perotto foi um dos idealizadores do projeto que resultou na formação da raça de bovino de corte Purunã, homologada pelo Ministério de Agricultura e Abastecimento (Mapa) em 2017.

Purunã resultou de mais de 30 anos de estudos, cruzamentos dirigidos e seleções envolvendo animais Charolês, Caracu, Aberdeen Angus e Canchim. Raça genuinamente paranaense, agrega características importantes para pecuaristas de todo o Brasil, como tolerância ao calor, resistência ao carrapato, temperamento dócil, elevada proporção de cortes nobres e maciez da carne.

Seu nome é uma homenagem à Serra do Purunã, que separa o primeiro e o segundo planaltos do Paraná e fica próxima da Estação Experimental Fazenda-Modelo, do IAPAR, onde foi realizada a maior parte do trabalho de desenvolvimento da nova raça.


Com informações da Assessoria de Comunicação do Crea-PR
Foto: Divulgação

Serviço de Imprensa do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)
Edmilson Gonçales Liberal (MTb 4782/PR)
(43) 3376-2465 | imprensa@iapar.br


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.