EVENTO

03/07/2019

Diretoria do IAPAR acompanha vice-governador e secretário de agricultura na Expotécnica

test(03/07/19) O vice-governador do Paraná, Darci Piana, e o secretário estadual da agricultura e do Abastecimento, Noberto Ortigara, visitaram nesta quarta (3) a Expotécnica, feira agropecuária realizada em Sabáudia, norte do estado. A feira, na sua 26ª edição, se destaca pela elevada presença de produtores rurais de toda a região e pelas inovações trazidas ao homem do campo.

Dentre os destaques da Expotécnica, estão produtos orgânicos, como tomate e hortaliças, produzidos em sistema mais sustentáveis por pequenas empresas que estão trazendo novas tecnologias aos agricultores, principalmente para pequenos produtores. O vice-governador e o secretário também visitaram parcelas demonstrativas no campo do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar), da Emater e da Embrapa. Nessas áreas eles conheceram o trabalho de pesquisadores e extensionistas, como a tecnologia do consórcio milho-brachiária. O consórcio, que está sendo amplamente recomendado aos produtores da região, busca melhorar o manejo do solo e reduzir a aplicação de agrotóxicos. “É importante ressaltar que a tecnologia milho-brachiária protege o solo contra a erosão e reduz a incidência de ervas daninhas, o que possibilita aplicar menos produtos químicos, tornando os alimentos mais saudáveis e reduzindo os custos de produção do agricultor”, ressalta o diretor de pesquisa e presidente interino do Iapar Rafael Fuentes.

ÁREA LIVRE - Falando para uma plateia formada principalmente por estudantes de colégios agrícolas, o secretário de agricultura falou da importância do conhecimento na agricultura e do quanto o estado do Paraná tem buscado se modernizar para superar os desafios. Ele falou do trabalho para tornar o estado área livre de febre aftosa sem vacinação e da relevância dessa medida. “Nos temos basicamente três motivos para parar de vacinar: o primeiro é parar de gastar o dinheiro do produtor e do estado; o segundo é abrir novos mercados, já que até o peixe, o porco e o frango paranaenses sofrem restrições na comercialização; o terceiro é mostrar que o Paraná tem uma capacidade elevada de ação em relação a outros estados no controle da aftosa”, ressaltou o secretário.

ROTA DO DESENVOLVIMENTO - O secretário também participou da assinatura de contratos de créditos para produtores rurais relativos ao Plano Safra e conheceu o projeto Rota do Desenvolvimento Rural. O projeto, segundo o gerente da macroregional da Emater no norte do Paraná Cristovon Ripol, é voltado para difusão de novas tecnologias para pequenos produtores. Trata-se de pequenas áreas com produção orgânica agroflorestal, nas quais é possível famílias obterem o sustento e até gerar empregos. Ainda de acordo com Ripol, algumas propriedades da região são referência nacional no setor.

PRESENÇAS - Participaram da vista o superintendente geral de inovação do Paraná, Henrique Domakoski; o prefeito de Sabáudia, Edson Manueira; o diretor de finanças e presidente interino da Emater, Diniz Dias Doliveira; o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Otamir César Martins; o diretor técnico da Emater Nélson Harger; o chefe do núcleo regional da SEAB em Londrina, Antonio Carlos Barreto, além de diversos outros servidores estaduais, vereadores e secretários municipais de toda a região.

Serviço de Imprensa do Instituto Agronômico do Paraná (Iapar)

Lucas V. de Araujo (MTb 4037)

Tel: (43) 3376-2005 | (43) 9-9122-2369

Correio eletrônico: lucasaraujo@iapar.br


Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.