EVENTO

27/11/2018

IAPAR foi destaque na programação da FIMAN 2018

Dialogo00(27/11/2018) Com a realização do Diálogo de Agroinovação sobre tendências do consumo e inovação tecnológica em produtos à base de mandioca, mais a participação no Hackathon, em Dia de Campo e na divulgação do AGRO+i Parque Tecnológico Centro de Agroinovação de Paranavaí, o IAPAR teve destacada presença na II FIMAN - Feira Internacional da Mandioca, realizada na semana passada (20 a 22/11) em Paranavaí.

Principal evento brasileiro - e um dos mais importantes do mundo - no segmento da mandioca, a FIMAN 2018 reuniu em Paranavaí mais de 5.000 visitantes e 100 expositores de 30 países, gerando aproximadamente R$ 100 milhões em negócios envolvendo todos os segmentos da cadeia produtiva e de consumo, como as indústrias de transformação, seus fornecedores e clientes. Delegações da China, Tailândia, República da Guiné, Serra Leoa, Luanda, Costa do Marfim, Colômbia, Nigéria, Estados Unidos, África, Senegal, Paraguai e Nicarágua, entre outras, foram destaques na programação.

A principal contribuição do IAPAR foi na realização do Diálogo de Agroinovação,  no qual os pesquisadores do ITAL (Instituto de Tecnologia Agroalimentar de São Paulo), Raul Amaral e Carla Lea Vianna Crua, debateram com o empresário Ivo Perin Jr e numeroso público as "Tendências do consumo e inovação tecnológica em alimentos à base de mandioca". "A expectativa é que esse primeiro encontro gere uma colaboração entre o ITAL, o IAPAR e outras instituições de P&D+I no fortalecimento do projeto do Parque Tecnológico de Agroinovação de Paranavaí, que terá como um de seus focos centrais justamente a mandioca" - explica o Diretor de Inovação Tadeu Felismino.

O AGRO+i foi também o tema da exposição do Sistema da Secretaria de Agricultura do Paraná, em seu estande na FIMAN. Formado por SEAB e suas vinculadas Emater, Adapar e IAPAR, o Sistema SEAGRI na região Noroeste do Paraná abraçou a proposta do Parque Tecnológico Centro de Agroinovação de Paranavaí nesta FIMAN 2018.

Outra participação importante do IAPAR foi no Hackaton da Mandioca, evento organizado pelo Sebrae e faculdades da região, como Fatecie, IFPR e outras, que mobilizou 50 programadores para uma maratona de 48 horas de programação de soluções de TI para o segmento da mandioca. Ao final foram selecionados três grupos vencedores, que ganharam prêmios em dinheiro e também receberão apoio do Parque AGRO+i para seu processo de pré incubação de empresa.

O IAPAR também esteve presente no Dia de Campo que reuniu 105 participantes, 33 deles estrangeiros, numa propriedade rural localizada há 20 quilômetros da FIMAN, para conhecer soluções em plantio direto (Marco Rangel e Eduardo Vieira), física de solos comparativos PD e preparo convencional (Jonez Fidalski e Valter Pessoa), apresentação de uma plantadeira e dinâmica de Plantio Direto (Emerson Fey); o Manejo integrado de insetos – praga da cultura da mandioca (Rudiney Ringeberg e Vanda Pietrowski) e uma dinâmica de cultivador da mandioca, feita pela Agrimec.


DIT - Diretoria de Inovação e Transferência de Tecnologia
(43) 3376-2322

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.