DIA DE CAMPO

16/03/2018

Guaíra tem dia de campo sobre fruticultura

Guaíra tem dia de campo de fruticultura(16/03/2018) Dezenas de técnicos e produtores participaram de um dia de campo sobre fruticultura em Guaíra, Noroeste do Estado. Aspectos legais e tecnologias para implantação e manejo de pomares de citros, maracujá e goiaba foram os temas abordados.

O pesquisador Eduardo Firmino Carlos, do IAPAR, destacou o potencial de cultivo da lima ácida Tahiti, considerando as condições de clima e solo da região.

Em palestra ministrada por Juliana de Jesus Silva Davi, da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), os participantes também receberam informações sobre a legislação que regula o cultivo de citros no Estado do Paraná, principalmente os procedimentos para liberação da área de cultivo e aquisição de mudas, além de medidas de combate ao cancro cítrico e ao greening (HLB).

Sistemas de produção de maracujá, com foco no estabelecimento de pomar com diferentes tipos de mudas, visando maximizar a produção e diminuir o efeito adversos de doenças foi o tema abordado pelos engenheiros-agrônomos Paulo Vicente Zaccheo e Wuldicléia Jacomo, também do IAPAR.

Os participantes também participaram de oficina prática sobre poda de goiabeira, prática técnica fundamental para a formação de pomares produtivos, conduzida pelo técnico agrícola Miceno Alves de Lima, do IAPAR.

Realizado com o apoio da Adapar e da Biolabore, uma cooperativa de trabalho responsável pela assistência técnica a pequenos produtores da bacia do Rio Paraná, o dia de campo é uma atividade do Projeto Ibitiba - Transferência de Tecnologia em Fruticultura para a Região da Bacia do Paraná 3, conduzido pelo IAPAR e a Itaipu Binacional.


Com informações de Henrique Luis da Silva, da Área de Transferência de Tecnologia em Ponta Grossa.
Serviço de Imprensa do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR)
Edmilson Gonçales Liberal (MTb 4782/PR)
Tel: 43 3376-2465 / Correio eletrônico: imprensa@iapar.br
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.