VISITA TÉCNICA

31/08/2017

Consultor de associação agroecológica visita trabalhos do Iapar na Lapa

Lapa Biodinamica (31/08/2017) Com o objetivo de trocar experiências sobre o manejo agroecológico e biodinâmico, o consultor João Carlos Ávila, da Associação Biodinâmica, visitou no dia 28 de agosto de 2017 os trabalhos realizados na Estação do IAPAR na Lapa, acompanhado de uma equipe de pesquisadores e técnicos do Instituto.

A agricultura biodinâmica concebe a propriedade como um organismo vivo, preconizando práticas de interação entre animais, vegetais e seres humanos. Na prática o que mais diferencia esse modelo de agricultura é a utilização de alguns preparados biodinâmicos (compostos líquidos de alta diluição, elaborados a partir de substâncias minerais, vegetais e animais) aplicados no solo, planta e composto, baseados numa perspectiva energética e em conformidade com a disposição dos planetas.

O pesquisador José Lino Martinez apresentou o trabalho de manejo de bubalinos em sistema agroecológico, destacando alguns desafios encontrados desde a implantação do sistema em 2009, como o controle de invasoras; a manutenção da fertilidade de solo, em particular, o aporte de nitrogênio para as pastagens e culturas; a manutenção da saúde dos animais, destacando o controle de mastite; o custo inicial mais elevado de produção em função de maior uso de mão de obra e a necessidade de uma manejo integrado da propriedade.

Segundo Martinez nos 3 primeiros anos houve uma queda na produtividade do sistema, porém nos últimos anos vem acontecendo uma retomada progressiva da fertilidade geral do sistema, com ganhos gerais para produção animal e vegetal.

Para Ávila alguns princípios da biodinâmica já vem sendo desenvolvidos na Estação, como o pastejo rotativo, o plantio de adubos verdes, a produção de composto e húmus de minhoca, o plantio de cordões vegetados com capim elefante, a conservação e regeneração do solo e da paisagem natural, a proteção da fauna silvestre e preservação de espécies nativas, atividades que de forma integrada melhoram o equilíbrio da propriedade.

O consultor da Associação Biodinâmica João Ávila sugeriu ainda melhorias no uso de cama sobreposta nos estábulos e nos locais de permanência dos animais, bem como no processo de compostagem utilizando alguns preparados que, segundo o administrador da Estação Clóvis Hoffmann, são possíveis de serem realizadas no curto prazo. Participaram e colaboraram ainda com as discussões na visita técnica os pesquisadores Luiz Odenath Penha líder do Programa de Agroecologia, Nilceu Nazareno, João Ari Hill, Eloy dos Santos e Moacir Darolt.


TADEU FELISMINO
Diretor – Inovação e Transferência de Tecnologia
tadeufelismino@iapar.br
43 3376-2322 | 43 9993-9163

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.